A ARCA - A arte em ser do contra!
 
Menu du jour! Tutu Figurinhas: o nerd mais bonito e inteligente dessas paragens destila seu veneno! GIBI: Histórias em Quadrinhos, Graphics Novels... é, aquelas revistinhas da Mônica, isso mesmo! PIPOCA: Cinema na veia! De Hollywood a Festival de Berlim, com uma parada em Nova Jérsei! RPG: os jogos de interpretação que, na boa, não matam ninguém! ACETATO: Desenhos animados, computação gráfica... É Disney, Miyazaki e muito mais! SOFÁ: É da telinha que eu estou falando! Séries de TV, documentários... e Roberto Marinho não está morto, viu? CARTUCHO: Videogames e jogos de computador e fliperamas e mini-games e... TRECOS: Brinquedos colecionáveis e toda tranqueira relacionada! Tem até chiclete aqui! RADIOLA: música para estapear os tímpanos! Mais informações sobre aqueles que fazem A Arca Dê aquela força para nós d´A Arca ajudando a divulgar o site!
Artigo adicionado em 30/03/2006, às 12:16

PRIMEIRO DE ABRIL: COMO SURGEM OS BOATOS?
Sabia que o Capitão América também era Nazista? Há algum tempo, em nota publicada n’A ARCA, foi comentada a possibilidade (real) de um filme sobre a família Jetson, desenho animado da Hanna-Barbera e grande sucesso nos anos 70. A coisa era bem rápida e, praticamente, falava sobre uma pretensa formação da família, terminando com uma […]

Por
Os Master


Há algum tempo, em nota publicada n’A ARCA, foi comentada a possibilidade (real) de um filme sobre a família Jetson, desenho animado da Hanna-Barbera e grande sucesso nos anos 70. A coisa era bem rápida e, praticamente, falava sobre uma pretensa formação da família, terminando com uma brincadeira acerca da empregadinha-robô, Rosie. E era exatamente isso: a notificação de um boato (como tantos outros que pululam por aí) e uma piadinha (besta até) sobre os envolvidos, vivos ou não.

A repercussão foi rápida: alguns leitores entraram na brincadeira, remontando uma gloriosa época dos desenhos animados da TV. Mas outros, indignados com a “qualidade duvidosa” da informação, enviaram mensagens comentando mesmo da possibilidade de pararem de entrar no site. Para esses, eu digo: deixem de bobagem! Boatos ou hoaxes (palavra feia, mas que em inglês pode significar tanto brincadeira quanto fraude) sempre farão parte do imaginário da net, dentro ou fora da dita imprensa séria. Muitos furos de reportagem (como o escândalo Watergate, que culminou na renúncia do presidente americano Richard Nixon e levou os jornalistas envolvidos a ganhar um prêmio Pulitzer) originaram-se de possibilidades remotas que nem eram tão remotas assim… Imagine quando falamos de algo tão melindroso como o Cinema, as HQs e produções para TV? Boato é o que há, meu camarada!

Mas, como ninguém aqui dorme com a Natalie Portman (ainda) e nem está tentando derrubar o presidente (hmmm…) vamos demonstrar por A + B como é fácil – e num período de tempo relativamente curto – vingar um boato, hoax ou o que seja, demonstrando também a força e o poder que uma mentirinha à toa possuí. Os nomes utilizados no texto são absolutamente fictícios! Quaisquer semelhanças com organizações e pessoas vivas, mortas, desmortas ou que alteraram o sexo uma vez na vida… É coincidência. Primeiramente, imaginemos um portal que veicule notícias, analises, informações e opiniões a respeito de cultura pop em geral, onde os articulistas são obrigados (por contrato) há trabalhar 20 horas por dia, para satisfazerem prazos impossíveis de serem vencidos e tendo um editor-chefe absolutamente monstruoso como capataz…

Vamos chamar esse site de A BALSA!

Quinta-Feira, 30 de Março – 21h35min: Uma das interessantes reuniões de pauta d’A Balsa: todos sentados à mesma mesa, onde os articulistas são obrigados a presenciar os mais estranhos rituais de gastronomia dos chefes. Estes se satisfazem, atirando migalhas para os esfomeados servos. Durante a bizarra orgia de quitutes, Funbee, um dos crápu… ops, amáveis guardiões do site, impossivelmente entupido pela química das coxinhas e tubaínas, exclama durante o delírio toxicológico:

Funbee: (NHAC! NHAC!) Sabem quem seria um bom Líder Optilum, no filme dos Transmuters? (NHOC!) Tommy Falcone! Ele tem mó cabeção! (NHAC! NHAC!)

Dito isso, cai à mesa de um desavisado e desata a gritar. Tanto ele quanto os demais integrantes da mesa não lembrarão desse papo – alguns porque estão dopados, outros porque estão ocupados devorando o próprio estômago.

Al Kad: É verdade! (CHOMP!) Ele tem mesmo um cabeção… (NHAC!) Pode me passar aquela cesta de esfihas? (CHOMP!) – diz o editor-chefe, que seria o mais discreto aqui, não fosse o fato de vestir-se como Paquita e dançar o Can-Can.

À parte de tudo isso, encontramos TioZé, entusiasta do site nerd-pop-apocaliptico GONORRÉIA e o desavisado cuja mesa foi agraciada com o suflê nerd. Informado como só ele, logo reconhece as figuras (que também não sabem mais o caminho de casa) e toma notas de tudo o que é falado, para mais tarde escrever para seu adorado periódico virtual. O conteúdo de seu relato, enviado às 01h37min do dia 31 de Março, é mais ou menos esse:

“Caros amigos de Gonorréia”

“Estava eu a ter um esplêndido tempo com amigos, num boteco de inigualável classe, quando me deparei com cena digna de meus piores pesadelos: uma pessoa (que eu não revelarei o nome, por amor à minha vida) debruçou-se sob minhas pernas e gritou (pra quem o quisesse ouvir) que Tommy Falcone será o Líder Optilum, no vindouro filme sobre os amados Transmuters. A informação procede ou é tão somente o produto de uma mente perturbada? Afinal, ele tem mesmo um grande cabeção!”

“Abraços virtuais e que a Forma esteja com vocês!”

Sexta-Feira, 31 de Março – 07h35min: Ao receber sua típica correspondência eletrônica (ameaças de morte, teorias sobre as próximas mudanças na primeira trilogia de STAR WHORES – Jubba é o pai de Honk Tallo?! UAU! – e a boataria rotineira) Brioco Cascata, editor do Gonorréia, abre a mensagem do ilustre colaborador, no que exclama de espanto: “Mas, mas, mas… isso deve ser verdade! Tommy Falcone tem mesmo uma cabeça enorme! Será mesmo?!?”

Será?

Temendo ser este mais um dos hoaxes que poluem sua vida, Brioco procura testar a informação com “amigos importantes” e entra em contato com o pessoal do THISISNOTRIGHT, site norte-americano muito conhecido por seus “furos” e intromissão na vida de astros e estrelas do mundo pop-nerd. A mensagem enviada ao site (às 03h45min, horário do Oeste do mesmo dia) é a seguinte – já vertida para o português:

“Olá, amigos do ThisIsNotRight!”

“Recebi informação (de fonte quentíssima) que Tommy Falcone (famoso por papéis em filmes como A VOLTA DO CABO HORN e SEGURA O MEU CHEQUE AÍ) estará no filme sobre os Transmuters e no papel do Líder Optilum! Isso é correto? É mesmo a coisa real?”

“Se usarem isso, meu nome é Brioco Cascata.”

Henry Uknow, diretor do site e também receoso da informação ser apenas mais uma “pegadinha” entre tantas que chegam ao seu computador diariamente, envia o conteúdo para um de seus espiões. Afinal de contas “Tommy really has an enormous big head!” O espião – que eu não sei o nome, já que ele é muito bom nisso – arma o bote em cima de Falcone, durante a sessão de fotos que antecede a premiere de seu novo filme, FINEST GIMP III. São 12h43min de Sexta, hora de Los Angeles (16h43min, por aqui). O papo que se sucede é o seguinte:

Espião: Tommy? Oi, eu sou do ThisIsNotRight!. É verdade que você estará no novo filme dos Transmuters, no papel do Líder Optilum?
Tommy Falcone: Como é que é, cara? Tá bebendo cândida? Não faço idéia do que você está falando!

(Uma pequena intromissão: quando um ator diz “Não faço idéia do que você está falando”, ele quer dizer que “estou até o pescoço na produção” ou “tô me lixando pro que você pensa – eu sou cool e faço o que me der na telha”)

Em seguida, o espião entra em contato com seu chefe, dizendo: “Henry, ele está nessa, sim! Alias, é mesmo: ele tem um cabeção enorme!”.

Às 13h28min em LA (17h28min, aqui) a seguinte nota (resumida, para aliviar o sofrimento de vocês) está no site e em letras garrafais:

“SEGUREM-SE: TOMMY FALCONE É O LÍDER OPTILUM!”

“Oi, gente… Henry, aqui. Pessoal, estava eu a cuidar da minha vida e, como sempre faço todos os dias, acordo e vou escovar os dentes, não sem antes… BLAH-BLA-BLAH… e quem mais senão o próprio Líder Optilum, Tommy Falcone, disse-nos que dará as caras no filme sobre os indefectíveis robôs Transmuters – aqueles que se transformam nas coisas mais variadas e úteis, como fitas-cassete e aparelhos de fax… Só podemos esperar muita emoção dessa nova produção do genial Stephen Glassmount, que outro dia encontrei junto a um lindo frigobar. Era a festa de aniversário de seu filho caçula, Stewart. Após cumprimentos de ambas as partes, começamos a falar da vida (jogar conversa fora mesmo) e BLAH-BLAH-BLAH…”

“E obrigado ao amigo Brioco Cascata, pela informação.”

No fórum relativo à nota, a maioria dos leitores insiste que já é primeiro de Abril em alguma parte do mundo, sendo essa mais uma brincadeira do portal. Mas um leitor em especial acha tudo muito legal. Seu nome: Carlo Falcone, 26 anos, fã dos Transmuters e filho de Tommy.

São 08h37min, manhã do dia 01 de Abril em Londres, e Carlo liga para o papa (o dele, não o do Vaticano) em LA, horário local 01h37min do Sábado, 01 de Abril – já o sendo 05h37min do mesmo dia por aqui… Oh, bem! Eu estou perdido com os horários, mas o que interessa é a conversa entre eles:

Carlo: Papa? Oi, é o Cal. Tudo bem, papá?
Tommy: Carlo? Isso são horas de ligar, garoto? Estou morto de cansaço; voltei ainda a pouco da premiere e festa dum filme horrível!
Carlo: Disculpa, papá… Mas estou tão contente em saber que estará no filme dos Transmuters como Líder Optilum! Ele é meu herói, sabia?
Tommy: Mas de que p*** você está falando, moleque?
Carlo: Do filme dos Transmuters… (quase chorando) Você… Vai estar nele, não? (snif, snif) É uma produção do Glassmount, e sei que vocês são amigos e tal…
Tommy: Ah, é mesmo? Olha, verei o que dá pra fazer.
Carlo: (snif, snif) MAS, PAPA: O LÍDER OPTILUM É MEU HERÓI!!! (Buáá! Buáá´!!)
Tommy: (aí, meu saco) Tá bom, tá bom! Eu vou ligar pra ele! AGORA!
Carlo: Que bom! Amo-te, papa!

Cinco minutos mais tarde – e isso no horário de todo mundo – Tommy liga para a linha quente do diretor, produtor e projetista de shuberrys Stephen Glassmount, que tem um problemaço nas mãos: não consegue um nome de peso disponível para a nova produção sobre os Transmuters. Ele atende ao telefone. A conversa a seguir, entre dois figurões do cinema, precisou ser filtrada. O conteúdo em itálico expressa (quase) toda a verdade:

Tommy (com sono, mas depois de uma Coca com Limão): Stephen? Tommy. Madrugando, hein? TRADUÇÃO: Não tá na hora de corno dormir, não?
Stephen (surpreso, mas aparentando calma): Ah, é verdade… Mas é legal você ter ligado. É bom ouvir uma voz amiga. TRADUÇÃO: É o que eu precisava: o cabeção ligando pra encher o saco.
Tommy (confuso, mas sem aparentar surpresa): Oh, bem. Isso pode esperar. Tem essa nova produção, sobre os robôs transformistas, e eu quero dizer que estou dentro. TRADUÇÃO: Vou fazer a p**** desse filme, nem que tenha de matar a sua mãe pra isso!
Stephen. (pasmo, mas sem aparentar isso): Você quer… Participar DESTE filme? TRADUÇÃO: Que m**** que você anda tomando, cara?
Tommy (zangado, mas aparentemente alegrinho): É. Mais ou menos: quero ser o tal Líder Optilum. Ele é coadjuvante? Meu menino, Cal, gosta disso e vou fazer pra ele. NÃO PRECISA NEM PAGAR! E eu ainda levo meu almoço. TRADUÇÃO: É, isso aí. Quero um papel de destaque e 25% da bilheteria!
Stephen (eufórico, mas parecendo contido): Olha… Tá bem, então. Passe no escritório na Segunda-Feira, pra assinarmos os papéis. TRADUÇÃO: Vou armar um contrato tão leonino que terá de me pagar pra fazer o filme, seu filho da …!
Tommy (cansado e com sono): Tá certo. E, escuta: não tem como enfiar o meu moleque nessa também? Pode ser filho do tal Optlium. Que tal? TRADUÇÃO: A carreira do meu menino precisa de um empurrão. Que tal?

Stephen finge ser chamado pela mãe e desliga o telefone. Tommy achou aquilo muito conveniente, mas retorna para a cama, já vislumbrando o discurso de agradecimento pelos prêmios do filme…

Na manhã de sábado (não sei o horário) Stephen faz uma ligação para a turma do BLAUBLAW, um portal nerd (mais um!) voltado para Cinema, mas que não dá nota menor do que oito para os seus filmes, detonando a bomba. Numa edição extraordinária (já que sábado é dia de dormilância pra quem não é peão que nem eu) às 13h37min de Nova York (mais ou menos o mesmo horário por aqui) a notícia é estampada no site, desta forma:

“CONFIRMADO: TOMMY FALCONE É O LÍDER OPTILUM”!

“Yeah, baby! Ouvimos da boca do próprio Stephen Glassmount, o maior cineasta, produtor e contador de piadas da História, que o super bacana Tommy Falcone (estrela da melhor produção a termos o prazer de acompanhar por esses dias, FINEST GIMP III) será o Líder Optilum, o robô mais sensacional da galáxia e o responsável por manter a ordem na casa dos Transmuters. A mais nova superprodução terá inicio após a temporada de Verão, quando as demais escolhas de elenco serão feitas, baseado nos filmes de sucesso da temporada… Mas, que importa? É Glassmount! É Falcone! É DESDE JÁ O FILME MAIS LEGAL DO UNIVERSO!”

Enquanto isso, no Brasil… Um pentelho leitor do site A-Balsa, retornando para casa após um estafante dia no comércio de computadores usados em que trabalha, liga seu PC na esperança de ter algum entretenimento com seus portais nerds favoritos… E é alarmado com a notícia do Blaublaw. Em choque, resolve entrar em contato com seus “heróis” do portal tupiniquim:

“Olá, Al Kad. Como vai essa força? Escuta: você leu essa notícia no Blaublaw? Eles dizem que Tommy Falcone (eca!) será o Líder Optilum no filme dos Transmuters. Eu acho que não é pegadinha de primeiro de Abril, visto que o pessoal do ThisIsNotRight já havia falado nisso na sexta! E vc, o que acha?”

“Um abraço e até mais!”

São… Deixa ver… 22h47min do sábado, primeiro de Abril, horário de Brasília. O valoroso editor d’A Balsa, antes de deixar sua residência e ir perpetuar mais uma maldade com seus asseclas, abre sua caixa de correio eletrônico e quase tem um infarto ao ler a mensagem, rapidamente certificada como verídica através de outros veículos de informação. Após se recuperar do choque, ele prossegue com sua vida de crimes. O bate-papo a seguir ocorre por volta de 23h35min do mesmo dia:

Al Kad: Caaaara… você não vai acreditar! Acabei de receber uma mensagem, dizendo que o Tommy Falcone será o Líder Optilum, no filme dos Transmuters!
Funbee (quase engolindo um canudinho): Putz, mas que coisa batuta! Essa idéia é tão, mas tão genial… que devia ter sido minha! E só vou poder colocar isso no portal na Segunda-Feira, depois do almoço… Mas não é uma boa mesmo, colocar aquele cabeção como Líder Optilum?

E não é que é mesmo?

:: CURIOSIDADES
Quer ver como é difícil separar fato do boato? Uma pequena lista de curiosidades (algumas, APENAS boatos) sobre filmes que só existirão nos sonhos (ou pesadelos!) nerds.

– Sabe quem era a primeira escolha para o papel de Robin, no filme “Batman Eternamente”? Christian Bale.

– Em meados da década de 90, o filme do Homem-Aranha era preparado com ares de grande evento… até que um evento maior ainda (briga por direitos autorais) inviabilizou o projeto. A direção estava a cargo de James Cameron (de “Exterminador do Futuro” e TITANIC) e teria John Cusack (“Alta Fidelidade”) no papel de Peter Parker/Aranha e Arnold Schwarzenegger (o próprio governator da Califórnia) como Doutor Octopus! Apesar de não ter vingado, muitas das idéias do roteiro de Cameron foram mais tarde utilizadas nos filmes de Sam Raimi, como a teia orgânica.

– Charles Bronson, Warren Beatty, Kris Kristofferson, Nick Nolte, Bruce Jenner, Paul Newman, Burt Reynolds, Arnold Schwarzenegger, Robert Redford, Clint Eastwood, Sylvester Stallone, Jon Voight e Patrick Wayne. Esse povo todo participou de testes, consultas ou foi considerado para o papel principal do filme SUPERMAN (1978), até que os produtores se decidiram por… James Caan!!! E este, por sua vez, pulou fora do barco! Quem disse que Deus não existe e não é um nerd muito sábio, hein?

– Eric Stoltz, contratado para o papel de Marty McFly no clássico “De Volta para o Futuro” (1985), foi dispensado após a gravação de algumas cenas e substituído por Michael J. Fox.

– Halle Berry foi chamada para ser Niobe, em MATRIX RELOADED (papel que acabou nas mãos de Jada Pinket-Smith), mas optou por viver o papel principal de “Mulher-Gato”… É, podem rir mesmo!

– Uma das minhas pessoas favoritas, Angela Basset (de “Contato” e “Estranhos Prazeres”) não quis nem saber do convite para ser Tempestade no primeiro X-MEN, de Bryan Singer. O que é uma pena: Era a mulher perfeita para o papel e não se fala mais nisso!

– David Lynch era o diretor originalmente escolhido para “O Retorno de Jedi” (1983), mas não pôde assumir o projeto por já estar comprometido com a versão cinematográfica de “Duna” (1984). Um Star Wars de David Lynch? Realmente, o mundo não estava preparado pra isso.

– Outro diretor a ser convidado foi David Cronenberg (SCANNERS e “Gêmeos – Mórbida Semelhança”), mas (dizem) ele mandou George Lucas ir passear no poço de Saarlac e a coisa ficou por isso mesmo.

– Falando em STAR WARS… Alguns nomes que foram considerados para o papel de Han Solo: Kurt Russel, Burt Reynolds, Billy Dee Williams (que mais tarde seria Lando Calrissian), Nick Nolte e Christopher Walken.

Chuck Norris foi convidado para ser o sensei do grupo Cobra Kai, inimigos de Daniel LaRusso no cult KARATE KID, mas recusou por não concordar em “interpretar” um vilão. E aí? Será que o Sr. Miyagi encararia um roundhouse kick?

– Andy Garcia (“Os Intocáveis”) e Sylvester Stallone (o Rocky, pombas!) foram convidados, mas recusaram o papel principal do filme BRAM STOKER´s DRACULA (1992), de Francis Ford Coppola… E, meu Deus, ainda bem! Não consigo decidir quem parece mais deslocado para o papel!

– Terry Gilliam (“12 Macacos”) tinha até o roteiro da versão cinematográfica de WATCHMEN (HQ criada em 1986 por Alan Moore e Dave Gibbons) nas mãos, em 1990, quando o filme foi abortado pelo seu orçamento altíssimo! Quem já estava confirmado no filme: Kenneth Branaugh como “Nite-Owl”, Tommy Lee Jones como “O Comediante” e Rutger Hauer como “Ozymandias”.

– A primeira idéia para um filme do Batman remonta do início da década de 60. Dirigido por Orson Welles (“Cidadão Kane” e “A Marca da Maldade”) e com Richard Burton (de “O mais longo dos dias” e CLEOPATRA) no papel principal, o projeto já tinha boa parte do roteiro escrito e aprovado… Quando os direitos sobre a franquia do morcego foram parar na TV, onde os produtores tinham idéias mais “interessantes” para o personagem.

– Val Kilmer (“Beijos e Tiros”) era a primeira escolha da Warner para ser o hacker Neo em THE MATRIX… Na verdade, era quem o estúdio queria para o papel de Morpheus, mas não chegaram num acordo sobre isso também. Realmente, os estúdios sabem o que querem: as outras escolhas da Warner para o papel de Neo: Leonardo Di Caprio, David Duchovny e (nossa!) Kevin Costner!

– O subtítulo dessa matéria é completamente falso. Mas nunca se sabe…

:: UAU! Hoje, dia 14 de setembro, comemoramos 20 anos do lançamento do site https://t.co/ATRXN4js2w. Muita água rolou debaixo desta ponte ao longo dos últimos anos. Deu risada, deu briga, deu casamento. Mas deu, mais do que qualquer coisa, muito orgulho, isso sim.
:: Gente, tudo bem? Tamos vivos aqui, tá. E nos cuidando. Aproveitando #tbt, olha o crossover de @thiagocardim e @rpichuebas que rolou neste episódio do @imaginasepega! #tomevacina #VivaOSuS #usemascara #ForaBolsonaro
:: RT @AnimaSomPod: Faça como o @thiagocardim e contribua também com nossa campanha do @catarse! 😄 Nos ajude a bater a meta de R$ 500 e tenha…
:: ...e olha só que o filho da @francineguilen e do @rpichuebas chegou no Twitter. Segue lá!
:: RT @imaginasepega: Não importa se você é padawan ou mestre Jedi. Este episódio do #podcast @imaginasepega é pra você, homenagem ao #StarWar…

Quem Somos | Ajude a Divulgar A ARCA!
A ARCA © 2001 - 2007 | 2014 - 2021