A ARCA - A arte em ser do contra!
 
Menu du jour! Tutu Figurinhas: o nerd mais bonito e inteligente dessas paragens destila seu veneno! GIBI: Histórias em Quadrinhos, Graphics Novels... é, aquelas revistinhas da Mônica, isso mesmo! PIPOCA: Cinema na veia! De Hollywood a Festival de Berlim, com uma parada em Nova Jérsei! RPG: os jogos de interpretação que, na boa, não matam ninguém! ACETATO: Desenhos animados, computação gráfica... É Disney, Miyazaki e muito mais! SOFÁ: É da telinha que eu estou falando! Séries de TV, documentários... e Roberto Marinho não está morto, viu? CARTUCHO: Videogames e jogos de computador e fliperamas e mini-games e... TRECOS: Brinquedos colecionáveis e toda tranqueira relacionada! Tem até chiclete aqui! RADIOLA: música para estapear os tímpanos! Mais informações sobre aqueles que fazem A Arca Dê aquela força para nós d´A Arca ajudando a divulgar o site!
Artigo adicionado em 24/06/2005, às 05:37

Crítica: MADAGASCAR
Um passatempo divertido Trailer 1: Alta | Média | Baixa Trailer 1: Alta | Média | Baixa Acesse o site oficial: em inglês Acesse o site oficial: em português Bom, vou direto ao ponto: “Madagascar” é um filme muito divertido. Não há como não dar algumas boas risadas com o leão Alex (voz de Ben […]

Por
Paulo "Fanboy" Martini


Trailer 1: Alta | Média | Baixa
Trailer 1: Alta | Média | Baixa
Acesse o site oficial: em inglês
Acesse o site oficial: em português

Bom, vou direto ao ponto: “Madagascar” é um filme muito divertido. Não há como não dar algumas boas risadas com o leão Alex (voz de Ben Stiller no original, e de Alex Moreno em português), a zebra Marty (voz de Chris Rock no original, e de Felipe Grinnan em português), a girafa Melman (voz original de David Schwimmer, e dublado em português por Ricardo Juarez) e a hipopótama Glória (Jada Pinkett Smith em inglês, e Heloísa Perissé em português), moradores do Zoológico do Central Park, em Nova York. Lá os bichos tem tudo do bom e do melhor, sem falar que são a verdadeira paixão do público, que vêem todos os dias para vê-los.

Mesmo com tanto luxo, Marty começa a se questionar se não há outra vida além daquela. Nascido e criado no zôo, a zebra quer saber como é a vida selvagem, fora daquelas paredes e grades de ferro. Mesmo com o blablablá de Alex, Gloria e Melman, Marty não consegue tirar essa idéia da cabeça, e acaba fugindo apenas para dar uma volta pela cidade.

Os outros animais não podem deixar a pobre zebra zanzando em plena Nova York, e decidem ir atrás do amigo. E aí a confusão está feita: os animais acabam recapturados e enviados à Madagascar, uma ilha do continente africano.

Só tive a oportunidade de ver o filme em português, então nem entrarei no mérito das vozes de Stiller, Pnikett Smith, Schwimmer e Rock. De qualquer maneira, a dublagem nacional merece mais uma vez uma salva de palmas: timing perfeito, ótimo casting. A adaptação dos diálogos para o português ficou a cargo da comediante global Heloísa Perissé. Mesmo muito carregada de expressões e sotaques “cariocas” no começo do filme, os diálogos foram muito bem trabalhados, sem falar na dublagem da atriz para a personagem Glória, muito boa também. Além disso, Guilherme Briggs faz uma espetacular participação como Rei Julien, o manda-chuva dos lêmures da ilha de Madagascar, que pretende usar os “convidados” para acabar de vez com a ameaça das fossas, bichos que lembram muito as doninhas de O Rei Leão.

A história é isso. Simples até demais. O filme praticamente gira em torno de Marty e Alex, e como a amizade de um leão (eterno caçador) e uma zebra (eterna caça) ficará depois que o eterno rei das selvas volta ao seu verdadeiro habitat. Junte aí algumas gags e personagens criados apenas para efeito cômico (como os pingüins que, mesmo hilários, servem apenas para ocupar espaço no filme, bem ao estilo do esquilinho Scratch de A Era do Gelo). O visual do filme, tirando o design dos personagens – muito bem trabalhados, por sinal – é bem simples: há praticamente dois ambientes, a cidade e a ilha. Há pouca variação desses dois cenários; tirando isso, nada de mais. A trilha sonora de Hans Zimmer praticamente passa despercebida.

Sim, é um filme divertido. Filme tipo “pizza”, sabe? Você vai, assiste, sai do cinema, vai comer uma redonda de lombinho com catupiry (se for o El Cid, uma quatro queijos) e é só. Não foi nem mais, nem menos do que eu esperava. Sim, é bem melhor do que Yu-Gi-Oh! O Filme e Robôs, sem sombra de dúvida. Ainda assim, não vai sobreviver mais do que alguns minutos na sua mente.

… Eu sei lá, mas sinto como se essa fosse uma das críticas mais sem graça que eu já escrevi.

:: CURIOSIDADES

Madonna, Jennifer Lopez e Gwen Stefani (a vocalista do grupo No Doubt e que participou do filme O Aviador, de Martin Scorsese) chegaram a ser consideradas para dublar a hipopótama Glória, que acabou nas mãos de Jada Pinkett Smith.

Harry Gregson-Williams (criador da maravilhosa trilha sonora dos games da série Metal Gear Solid) chegou a assinar com a Dreamworks, mas acabou sendo substituído por Hans Zimmer. Algumas semanas depois, aconteceu o oposto: Gregson Williams substitui Zimmer na triha de Cruzada.

– A idéia original do filme era baseada em um grupo de ativistas que acabariam liberando animais das jaulas.

– O diretor da película, Tom McGrath, emprestou sua voz ao penguim Skipper. A voz foi baseada no amigo do diretor, o compositor Shawn Patterson (que compôs a trilha sonora das sequências de animação do filme Monkeybone e da série animada Ren & Stimpy).

Madagascar (Título original: Madagascar) / Ano: 2005 / Produção: EUA / Direção: Eric Darnell e Tom McGrath / Roteiro: Mark Burton, Billy Frolic, Eric Darnell e Tom McGrath / Vozes: Ben Stiller, Chris Rock, Jada Pinkett Smith, David Schwimmer, Sacha Baron Cohen, Cedric The Entertainer (em inglês); Alexandre Moreno, Felipe Grinnan, Ricardo Juarez, Heloísa Perissé, Guilherme Briggs (em português) / Duração: 86 min.

:: RT @thiagocardim: Minha gente! Lembro de quando fomos, eu e @paulomartini, representando @SiteAARCA, cobrir o evento de lançamento que a Ed…
:: UAU! Hoje, dia 14 de setembro, comemoramos 20 anos do lançamento do site https://t.co/ATRXN4js2w. Muita água rolou debaixo desta ponte ao longo dos últimos anos. Deu risada, deu briga, deu casamento. Mas deu, mais do que qualquer coisa, muito orgulho, isso sim.
:: Gente, tudo bem? Tamos vivos aqui, tá. E nos cuidando. Aproveitando #tbt, olha o crossover de @thiagocardim e @rpichuebas que rolou neste episódio do @imaginasepega! #tomevacina #VivaOSuS #usemascara #ForaBolsonaro
:: RT @AnimaSomPod: Faça como o @thiagocardim e contribua também com nossa campanha do @catarse! 😄 Nos ajude a bater a meta de R$ 500 e tenha…
:: ...e olha só que o filho da @francineguilen e do @rpichuebas chegou no Twitter. Segue lá!

Quem Somos | Ajude a Divulgar A ARCA!
A ARCA © 2001 - 2007 | 2014 - 2022