A ARCA - A arte em ser do contra!
 
Menu du jour! Tutu Figurinhas: o nerd mais bonito e inteligente dessas paragens destila seu veneno! GIBI: Histórias em Quadrinhos, Graphics Novels... é, aquelas revistinhas da Mônica, isso mesmo! PIPOCA: Cinema na veia! De Hollywood a Festival de Berlim, com uma parada em Nova Jérsei! RPG: os jogos de interpretação que, na boa, não matam ninguém! ACETATO: Desenhos animados, computação gráfica... É Disney, Miyazaki e muito mais! SOFÁ: É da telinha que eu estou falando! Séries de TV, documentários... e Roberto Marinho não está morto, viu? CARTUCHO: Videogames e jogos de computador e fliperamas e mini-games e... TRECOS: Brinquedos colecionáveis e toda tranqueira relacionada! Tem até chiclete aqui! RADIOLA: música para estapear os tímpanos! Mais informações sobre aqueles que fazem A Arca Dê aquela força para nós d´A Arca ajudando a divulgar o site!
Artigo adicionado em 16/03/2004, às 03:07

MÚSICA E RPG: uma combinação que dá certo!
Faça os seus jogadores entrarem no clima! Música é um dos fatores mais importantes para ambientação de um cenário de jogo de RPG. Ela pode ser escolhida pelos fatores da cena ou do personagem, levando em conta a personalidade e o estado emocional dele. Escolher uma música que o “player” do personagem gosta também ajuda […]

Por
Os Master


Música é um dos fatores mais importantes para ambientação de um cenário de jogo de RPG. Ela pode ser escolhida pelos fatores da cena ou do personagem, levando em conta a personalidade e o estado emocional dele. Escolher uma música que o “player” do personagem gosta também ajuda na empolgação. Não adianta nada a música ser perfeita para a situação se ela for Fio de Cabelo do Chitãozinho e Xororó.

Cada jogo deve ter um estilo de musica próprio, porque se você mestrar vários jogos, suas trilhas sonoras ficariam repetitivas. Pedir para cada player trazer músicas que eles identifiquem com cada personagem também é uma boa alternativa.

Ficar trocando de música ou parar o jogo muitas vezes não é aconselhado. Se você tiver um gravador de CDs (para montar um álbum customizado para o seu jogo) ou um som com carrossel à disposição é melhor. Senão, deixe um CD como fundo do jogo, trocando as músicas apenas quando a cena realmente pedir um clima diferenciado ou já estiver toda bolada na sua cabeça (como a entrada triunfal do vilão, que não pode ocorrer sem uma boa trilha sonora). A lista que vai ser dada aqui é das bandas de mais fácil acesso, tanto em lojas quanto pela net. Se você não conhece muito de música ou não está com saco para parar e pensar, aí vão algumas idéias.

:: CYBERPUNK: (GURPS, Shadowrun, 2020, etc.)
Prefira os estilos musicais chamados de Industrial ou mesmo um pouco de metal (lógico, isso não se encaixa para todos os jogos, as alterações mudam de personagem para personagem). Aí vão algumas dicas para o manter o clima:

Rammstein
Wumpscut
Ministry
KMFDM
Nine Inch Nails
Fear Factory
Static X
Laibach
White Zombie / Rob Zombie
Kovenant
Marilyn Manson
Vangelis
Matrix (a trilha sonora)
Hardware (a trilha sonora)

:: FANTASIA (GURPS, AD&D e mais milhares)
.Para a fantasia clássica, vale a música mais parecida com o clima da Europa medieval. Achar músicos especializados requer tempo, então as trilhas sonoras de filmes ajudam muito. Algumas delas são:

Conan (a trilha sonora)
Coração Valente (a trilha sonora)
Gladiador (a trilha sonora)
Senhor dos Anéis (a trilha sonora)

Bandas e outros tipos:
Blind Guardian
Rhapsody
Therion
E música clássica em geral

Para outros cenários de fantasia que não se encaixam nesse estilo, como Al-Qadim, Dark Sun, Earthdawn, etc, devem ser escolhidas músicas mais parecidas com o cenário. No Al-Qadim, por exemplo, procure músicas árabes. Mas, por favor, esqueça o Tarkan e o Khaled!!! Procure por músicas regionais. Um bom recurso é um CD chamado Fire Dance, que pode ser facilmente encontrado em lojas que trabalham com CDs importados.

:: TERROR E HORROR (Vampire, Kult, etc.)
Esses jogos são aqueles nos quais a atmosfera é mais necessária. Para fazer a trilha sonora de cada cena, tente compreender ao máximo cada personagem e bolar algumas das cenas antes do jogo, já pensando no som mais adequado. O ambiente natural do jogo é de melancolia e tensão, então o estilo musical mais apropriado é o gothic ou gothic-metal, mudando drasticamente conforme a cena. Em jogos em que o horror pessoal e a luta interna são mais valorizados, os temas pessoais são mais incentivados, variando com o estilo de cada personagem. Do jazz ao rap. Algumas bandas para ficarem tocando durante a sessão criando o ambiente são:

Bauhaus
Sister of Mercy
Type O Negative
Dead Can Dance
Nightwish
Nine Inch Nails

Algumas trilhas sonoras de filmes também ajudam:

Entrevista com o Vampiro
Mary Shelley’s Frankenstein
The Omen
Bram Stoker’s Dracula
De Olhos Bem Fechados (as instrumentais)

No caso do Vampire, os clãs indicam muito da música necessária. Uma matéria só para isso no futuro seria mais fácil! Existe um CD feito pela White Wolf que se chama Music from the Sucubbus Club. São 13 músicas, uma destinada para cada clã. Elas não são temas específicos, mas foram feitas com o pensamento de qual música faria sucesso em cada clã. O mais legal é que todas as músicas são inéditas, algumas até de bandas já conhecidas no cenário underground gótico americano (Cruxshadows, Mission UK, Nosferatu). Infelizmente, o disco não foi lançado no Brasil e é de muito difícil acesso em lojas. No entanto, andando pela web, depois de um tempinho de trabalho você acha… Falo por experiência própria! 🙂

Jogos como Time-Travel, Space, Werewolf, etc. precisariam de trilhas sonoras mais diretas e a matéria ficaria muito maior… então fica para a próxima! É só pedir, que estamos aí!

:: RT @thiagocardim: Minha gente! Lembro de quando fomos, eu e @paulomartini, representando @SiteAARCA, cobrir o evento de lançamento que a Ed…
:: UAU! Hoje, dia 14 de setembro, comemoramos 20 anos do lançamento do site https://t.co/ATRXN4js2w. Muita água rolou debaixo desta ponte ao longo dos últimos anos. Deu risada, deu briga, deu casamento. Mas deu, mais do que qualquer coisa, muito orgulho, isso sim.
:: Gente, tudo bem? Tamos vivos aqui, tá. E nos cuidando. Aproveitando #tbt, olha o crossover de @thiagocardim e @rpichuebas que rolou neste episódio do @imaginasepega! #tomevacina #VivaOSuS #usemascara #ForaBolsonaro
:: RT @AnimaSomPod: Faça como o @thiagocardim e contribua também com nossa campanha do @catarse! 😄 Nos ajude a bater a meta de R$ 500 e tenha…
:: ...e olha só que o filho da @francineguilen e do @rpichuebas chegou no Twitter. Segue lá!

Quem Somos | Ajude a Divulgar A ARCA!
A ARCA © 2001 - 2007 | 2014 - 2022